Máquina Café Sul

Como funcionam as máquinas de gelo?

Seja para uso doméstico ou comercial, é praticamente impossível ficar sem gelo. No verão, quem está em casa sofre se não puder beber uma água gelada naqueles dias mais quentes — ao mesmo tempo em que estabelecimentos precisam dele para a preparação de drinks, por exemplo. Independente da necessidade, é inegável que as máquinas de gelo facilitam a obtenção do material.


Na sequência deste texto, a Café Sul fala um pouco mais a respeito das máquinas de gelo. Você poderá ver o que realmente são essas máquinas, como elas funcionam e, por último, ainda conhecer algumas das melhores máquinas de gelo do mercado: as Everest.


Continue a leitura abaixo e confira!


O que realmente são máquinas de gelo?


Se você não trabalha com uma dessas máquinas, é possível que não conheça a diferença entre elas e as que são diretamente acopladas em geladeiras. A principal distinção está no ritmo de produção de gelo. Enquanto os dispositivos inclusos em geladeiras demoram muito mais para encher seus reservatórios, as máquinas próprias para isso produzem com grande agilidade.


Para se ter uma ideia, o modelo EGC-50A, da Everest, é capaz de produzir até 2,16kg de gelo por hora. Isso equivale a pouco mais de 100 cubos de gelo.


Algumas das máquinas de gelo sobre as quais estamos falando são assim:

tipos de máquinas de gelo

Como elas funcionam?


Ainda que algumas máquinas de gelo específicas tenham um funcionamento próprio, quase todas elas seguem um padrão. Estamos falando de equipamentos compostos por um motor elétrico com uma válvula d’água e uma unidade de aquecimento, além do depósito para os cubos. O funcionamento se dá através de energia elétrica, e a máquina deve ser conectada ao encanamento do local para que a água seja fornecida; atuamos com filtros para garantir gelo de qualidade e livre de elementos químicos.


Através da energia elétrica e dos disjuntores da máquina, a produção começa com a válvula d’água sendo aberta por apenas alguns segundos. A água que entra é suficiente para que o molde de gelo seja preenchido. Uma vez cheio, ele tem a temperatura alterada pela unidade de resfriamento até que a água vire gelo.


Depois que o cubo já está feito, uma mola aquece levemente o fundo do molde, de maneira que o gelo se solte e seja encaminhado para o recipiente, onde ficará até que seja utilizado. É importante relembrar que todo esse processo acontece em questão de segundos, visto que a produção de máquinas mais potentes pode chegar a mais de 13 kg por hora.


Sempre que o reservatório fica cheio, a máquina para de funcionar automaticamente. Caso uma quantidade de gelo seja retirada, a produção é retomada até que o reservatório fique completo novamente.


Conheça as máquinas de gelo Everest!


Quando falamos em máquinas de gelo, especialmente para estabelecimentos que precisam de gelo para alguns de seus produtos, é fundamental contar com equipamentos que tenham alta qualidade e capacidade de produção elevada.


Nesse quesito, poucas máquinas podem ser comparadas às Everest. O fabricante atua com equipamentos de diversos tamanhos e níveis de produção — sendo recomendados tanto a empresas pequenas quanto grandes.


A Máquina Café Sul tem parceria com a Everest e comercializa várias máquinas de gelo da empresa. Conheça todas elas através deste link!




E caso tenha gostado do texto e queira receber mais, não deixe de acompanhar a Café Sul no Facebook e no Instagram!

Precisa de ajuda?

Nosso atendimento único está preparado para lidar com as necessidades individuais de cada cliente e ajudar a encontrar a melhor solução para o seu negócio!

Especialista via WhatsApp
Desenvolvido por WEBi

Máquina Café Sul